Filtrar por
  • Categoria
  • Marcas
Preço por
Foram encontrados 146 produtos nesta página (em 0,018 segundos)
Ordenar por:

Disjuntores na Tem na Trena

 
Qualquer projeto elétrico de qualquer prédio, seja residencial ou empresarial,  precisa de disjuntores, que funcionam como um interruptor automático e como um mecanismo de prevenção e que evitam curto-circuitos e sobrecargas da eletricidade, consequentemente, evita a queima de aparelhos eletrônicos ou até mesmo evitando incêndios mais graves. Quando a fiação recebe uma corrente muito alta, o mecanismo do disjuntor corta a energia de uma forma autónoma e muito rápida. 
 
Os disjuntores têm como uma característica a capacidade de poderem ser reativados manualmente, depois de interromperem a corrente devido a uma falha. Esta é a principal diferença entre um disjuntor para um fusível. Apesar do fusível ter mesma função, mas não é possível reutiliza-lo quando interrompem a corrente elétrica, devido a queima do fusível. Além de dispositivos de proteção automático, os disjuntores são possíveis também de serem utilizados de forma manual, funcionando como interruptores, permitindo desligar e ligar a passagem de corrente elétrica.
 
Existem alguns tipos de disjuntores disponíveis no mercado, mas somente um profissional eletricista poderá definir o melhor dispositivo para o seu imóvel, pois ele vai analisar quais aparelhos serão ligados e quais cabos fazem parte da rede elétrica do projeto. E diversos modelos estão disponíveis aqui na Tem na Trena.
 
Os disjuntores são classificados por duas características principais: quantidades de fases e curva de disparo: disjuntor monopolar ou disjuntor monofásico, disjuntor bifásico e disjuntor trifásico. Já falando de curvas de disparo, os disjuntores são encontrados nas seguintes curvas: curva B, C e D.
 
Disjuntor Monopolar: o disjuntor monopolar trabalha com circuitos e instalações que possuem somente uma fase, como por exemplo, apenas tomadas e circuitos de iluminação simples, podendo ser 127v ou 220v. Disjuntor bipolar: os disjuntores bipolares são utilizados em instalações com circuitos que irão trabalhar em 1 ou 2 fases, tais como, por exemplo, chuveiros elétricos, torneiras elétricas e aparelhos que consomem maior potência.  Disjuntor tripolar: o disjuntor tripolar é utilizado em circuitos que possuem três fases, sendo geralmente utilizados juntamente com motores trifásicos elétricos.
 
Falando um pouco sobre as curvas dos disjuntores. Os disjuntores de curva B são acionados quando a amperagem do circuito atinge entre 3 e 5 vezes a sua corrente. Sendo assim, um disjuntor de 10A será acionado e a passagem elétrica será interrompida quando a amperagem do circuito chegar entre 30A e 50A. Os disjuntores de curva C já são acionados quando a amperagem do circuito atinge de 5 a 10 vezes a corrente nominal. Amperagem de um disjuntor de 10A chegar entre 50A e 100A para a corrente ser desligada. E por último os disjuntores curva D que são acionados com a maior curva de amperagem, sendo este acionado com a amperagem atinge entre 10 e 20 vezes a corrente nominal, operando assim quando a amperagem do circuito atingir algo entre 100A e 200A num disjuntor de 10A.
 
Aqui na Tem na Trena, nós temos os melhores disjuntores para o seu projeto elétrico, com as mais confiáveis marcas, garantindo muita qualidade e durabilidade para as suas instalações elétricas. Compre agora mesmo seus disjuntores aqui na Tem na Trena.
CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS: